A vontade de DEUS

Você já parou para pensar sobre a vontade de Deus para sua vida?

Na oração do Pai Nosso (Mateus 6.9-13), lemos Jesus ensinando a multidão a orar.

No verso 10, Ele diz: “venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu”.

Mas qual será essa vontade? Jesus fala em João 7.17: “Se alguém quiser fazer a vontade dele (de Deus), conhecerá a respeito da doutrina […]” – parênteses da autora. No Salmo 1, está escrito que o homem que medita na Palavra de Deus é bem-sucedido em tudo que faz.

Quando você medita diariamente na Palavra de Deus, ela se torna o seu guia em tudo.

Os ensinamentos do Senhor, que nela estão registrados, passam a conduzi-lo de modo que você se torna bem-sucedido em todas as suas decisões e escolhas. Isso acontece porque passa a conhecer a boa, agradável e perfeita vontade de Deus, que é você cumprir a carreira que Ele lhe propôs. Ao meditar de dia e de noite na lei do Senhor, a sua mente é renovada diariamente em Deus. É a partir daí que você tem êxito em tudo. “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12.2.)

Muitos confundem “conhecer a vontade de Deus” com “a busca pela direção correta para as coisas cotidianas”. É comum me perguntarem: “Irmã, preciso saber se é da vontade de Deus que eu faça tal curso. Se devo ou não me mudar para tal cidade; qual emprego escolher”. Na verdade, essas pessoas estão buscando a orientação de Deus para saber qual decisão devem tomar. Isso é correto? Sim, mas não tem nada a ver com a vontade de Deus para elas, que está ligada exclusivamente ao que Cristo já fez por todos nós na cruz do Calvário! Aleluia!

Em Efésios 5.17-20, o apóstolo Paulo nos exorta dizendo: “Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.” Aquele que não compreende a vontade de Deus para sua vida é insensato, desprovido de bom senso, mas o que a conhece está conectado com o Pai e anda segundo os seus ensinamentos. Este é feliz e bem-sucedido!

O nosso Pai quer que você tenha uma vida abundante, sem tormentos e medos. E Ele deseja que você saiba disso, mas existe somente uma única maneira de saber tudo o que Ele tem reservado para você: conhecer a perfeita vontade dEle. Lembre-se disso e invista tempo em conhecê-la e ao Deus da Palavra.
A vontade de Deus é a nossa santificação. Ele nos chama para uma vida de santidade, totalmente longe dos padrões mundanos:

“Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação. […] Ora, tendo Cristo sofrido na carne, armai-vos também vós do mesmo pensamento; pois aquele que sofreu na carne deixou o pecado, para que, no tempo que vos resta na carne, já não vivais de acordo com as paixões dos homens, mas segundo a vontade de Deus.” (1 Tessalonicenses 4.3; 1 Pedro 4.1-2.)

Se permanecermos fiéis, perseverando no cumprimento da vontade de Deus, herdaremos a promessa, a vida eterna em Cristo Jesus! Aleluia!

Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma. […] Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente. (Hebreus 10.36-39; 1 João 2.17.)

Creia nesta Palavra e ande firmado na vontade de Deus em todo o tempo.
Com carinho, Amariles Sousa